QUANDO FAZER UMA ABDOMINOPLASTIA?

Quando bem indicada a realização de abdominoplastia entrega resultados muito bons e o conhecimento da técnica e de seus benefícios é muito importante para muitas pacientes perderem o receio com essa cirurgia tão consagrada.

Uma dúvida muito frequente entre as pacientes é se elas devem fazer uma lipoaspiração de abdome ou se devem associar uma abdominoplastia. Quando necessário, a abdominoplastia entrega resultados muito bons, tanto para uso de roupas cotidianas (vestidos, calças, roupa íntima) quanto para uso de roupas de banho (praia e piscina).

Outras pacientes, mesmo com dieta e academia, também não conseguem eliminar aquela sobra de pele do abdome mesmo perdendo peso, nesses casos a solução também pode estar em uma abdominoplastia.

Em termo gerais, para você saber quando precisa de uma abdominoplastia basta observar seu abdome. Se há estrias e excesso de pele com uma flacidez evidente, certamente você precisa de uma abdominoplastia. Flacidez e deformidade no umbigo é outro indicativo importante, além do famoso "estômago alto". Algumas vezes, esse excesso de pele pode ser pequeno e só aparece quando a pessoa senta. Nesses casos, a indicação é um pouco mais difícil e aí quem pode te dizer isso com maior precisão é o Cirurgião Plástico.

Um dos grandes receios das pacientes é quanto a cicatriz da cirurgia. Muitas pacientes não querem fazer uma abdominoplastia por isso. Essa é uma preocupação válida e justificável. A cicatriz de uma abdominoplastia equivale a uma cicatriz de cesariana prolongada um pouco para as laterais. Se bem executada e com cuidados após a cirurgia, essa cicatriz além de ficar escondida pela roupa íntima ou pelo bikini, tende a ficar bem fina e discreta. O ganho de resultado comparado a cicatriz é evidente, sendo que a cicatriz compensa muito se comparado ao resultado obtido.

quando fazer abdominoplastia, lipoaspiração, dr Marco Longo, Cirurgia plastica, cirurgião plástico, emagrecer, fitness

Na cirurgia de abdominoplastia além de se retirar o excesso de pele, também se faz a costura dos músculos do abdome, chamada de plicatura. Essa plicatura faz com que a flacidez da musculatura causada pelas gestações, ganho de peso e idade seja corrigida. Isso faz com que a barriga fique “chapada” e ainda melhora a cintura. Essa etapa é tão fundamental quanto a retirada do excesso de pele.

Além da retirada do excesso de pele e da plicatura dos músculos do abdome, outra etapa fundamental da cirurgia é a confecção do novo umbigo. Na verdade o “novo umbigo” é o mesmo umbigo, só que diminuído e re-fixado, de modo a ficar pequeno e com aspecto natural, assim as outras pessoas não perceberão que esse umbigo foi operado.

A associação da abdominoplastia com lipoescultura potencializa o resultado. Com a lipoescultura as curvas são melhoradas, principalmente nas costas o que valoriza a cintura e o contorno do bumbum. Além disso, a lipoenxertia dos glúteos deixa o bumbum mais redondo, cheio e empinado.

O sucesso da cirurgia de abdominoplastia depende de alguns fatores, uma cicatriz baixa de modo que fique escondida no biquíni, um umbigo pequeno e natural e a pele do abdome sem aspecto de “repuxamento”. Se o seu cirurgião plástico cumprir essas etapas, você irá a praia ou piscina com sua barriga retinha e definida sem ninguém perceber que você fez a cirurgia.

quando fazer abdominoplastia, lipoaspiração, dr Marco Longo, Cirurgia plastica, cirurgião plástico, emagrecer, fitness

Para saber mais informações sobre essa cirurgia, acesse o link: abdominoplastia

 

Dr Marco Vinicius Losso Longo - Cirurgião Plástico

Se você tiver alguma dúvida, por favor envia-la para: dr.marco.longo@gmail.com, ou deixe seu comentário abaixo.

Acesse nossa página do facebook

Saiba mais sobre Dr Marco Longo - Cirurgião Plástico / Plastic Surgeon - English Version

No Comments Yet.

Leave a comment